Vim de férias nas férias e os meus pais não estavam lá porque tinham compras para fazer. Pensei que ia encontrar a minha irmã a decorar a árvore de Natal ou algo do género, mas ela e a amiga dela Dana, uma miúda realmente jeitosa, estavam no sofá a ver filmes brasileiro. Elas não me ouviram a entrar (imaginem se fossem os meus pais), portanto elas viram uma grande foda e estavam a tocar-se uma à outra. Eu fiquei surpreendido – Eu não sabia que as raparigas viam filmes brasileiro com as amigas. Eu fiquei muito silencioso e escondi-me. A minha irmã estava a acariciar os peitos da Dana e a Dana tinha uma mão nas calças dela e esta a tocar-se a ela própria. Ela queria pôr a mão dela nas calças da minha irmã, mas ela não queria. “Estou muito excitada e quero pôr-te excitada também” disse a Dana, Eu não consegui aguentar aquilo. Peguei no comando e tirei o filme pornográfico. “O que achas que estás a fazer” disse para a minha irmã. Ela estava perplexa, depois correu para o quarto dela – chocada e com medo. A Dana ficou cá em baixo. “Então, gostaste do filme?” disse ela. Ela obviamente sabia que eu vi. Eu disse que os filmes brasileiro sempre me excitavam. Peguei na mão dela e pus-a na minha pica e beijei-a e depois meti a mão nas calças dela e vi que ela estava toda molhada. Deitei-a no chão e demos uma rapidinha mesmo a tempo – ouvi o carro do meu pai em frente à casa. Vestimo-nos rapidamente e ela disse que eu a podia ir visitar mais tarde, porque ela estaria em casa sozinha. “Podemos ver mais alguns filmes brasileiro” ela riu-se, “mas não digas à tua irmã que eu te fudi. Ela pensa que eu sou virgem como ela.”